Pacote de Minutos! Acima de 50 minutos magia amorosa e financeira grátis com envio de fotos!

 

É muito simples!

selecione seu pacote de minutos abaixo e a forma de pagamento

após selecionar e pagar os pacotes clique em " desejo realizar consulta"

Atendente vai te informar os consultores online e transferi-lo ou você

apenas informe o pagamento que será conferido NA HORA, Liberado vá direto no botão dos consultores 

SEM PRECISAR CADASTRO, SEM PRECISAR ENTRAR EM PAINEL!

COMPROU, CONSULTOU!

exu e pomba gira

Nos rituais da Umbanda, existe um poderoso integrante, que por muito tempo foi aclamado como o "demônio", "satanás" e
coisas desse tipo.  Mas que ao contrario disso, são entidades de grande sabedoria.  São eles os Exus, nossos amigos, sendo
considerados as entidades mais próximas do ser encarnado, eles nos ajudam em todas as horas e merecem nosso respeito.

         Mensageiros dos Orixás maiores, os Exus são a porta para conseguir tudo o que for preciso.  Donos das portas e tronqueiras
eles podem fechar ou abrir nossos caminhos, e o caminho das Quimbas (entidades do lado Negro, espíritos obsessores).

         São os Exus que nos defendem dessas entidades de vibração tão baixa.  Dentro das linhas da Umbanda, cada Orixá Menor
possui um respectivo Exu, como segue:


    1) Na linha de Oxalá
                                                     Caboclo Urubatão - Exu 7 Encruzilhadas
                                                Caboclo Ubirajara - Exu 7 Ventanias
                                             Caboclo Ubiratan - Exu 7 Pembas
                                           Caboclo Aimoré - Exu 7 Chaves
                                             Caboclo Guaracy - Exu 7 Poeiras
                                            Caboclo Guarany - Exu 7 Capas
                                       Caboclo Tupy - Exu 7 Cruzes

2) Na linha de Iemanjá
Cabocla Iara - Exu Pombo Gira
Cabocla Indaiá - Exu Nangue
Cabocla Nana Burucum - Exu Gerere
Cabocla Estrela do Mar - Exu Carangola
Cabocla Oxum - Exu do mar
Cabocla Iansã - Exu Mare
Cabocla Sereia do mar - Exu Macangira

                                                                                                                                           3) Na linha de Ogum
                                                                                                                                           Ogum de Lei - Exu tranca rua
                                                                                                                                           Ogum Iara - Exu Tranca Gira
                                                                                                                                           Ogum Beira Mar - Exu Tira toco
                                                                                                                                           Ogum Matinata - Exu Tira teima
                                                                                                                                           Ogum Megê - Exu Limpa trilhos
                                                                                                                                           Ogum Rompe Mato - Exu Veludo
                                                                                                                                           Ogum Malê - Exu Porteira

                   4) Na linha de Xangô
                Xangô Kao - Exu Giramundo
      Xangô Agodô - Exu Pedreira
           Xangô 7 Montanhas - Exu Corcunda
             Xangô 7 Pedreiras - Exu Ventania
                 Xangô Pedra Preta - Exu da Meia Noite
               Xangô Pedra Branca - Exu Mangueira
                                          Xangô 7 Cachoeira - Exu Calunga                                      

5) Na linha de Oxossi
Caboclo Arranca Toco - Exu Marabô
Caboclo Pena Branca - Exu das Matas
Caboclo Arruda - Exu Campina
Caboclo Cobra Coral - Exu Capa Preta
Caboclo Araribóia - Exu Pemba
Caboclo Guiné - Exu Lonan
Cabocla Jurema - Exu Bauru

          6) Na Linha de Yori
                                   Tupanzinho - Exu Tiriri
                                                    Ori - Exu Toquinho
                                                 Yariri - Exu Mirim
                                                       Doum - Exu Lalu
                                                    Yari - Exu Ganga
                                                       Damião - Exu Manguinho
                                    Cosme - Exu Veludinho da Meia Noite

                                                                                                                                           7) Na Linha de Yorimá
                                                                                                                                           Pai Guiné - Exu Pinga Fogo
                                                                                                                                           Pai Arruda - Exu Brasa
                                                                                                                                           Pai Tome - Exu Come Fogo
                                                                                                                                           Pai Benedito - Exu Alebá
                                                                                                                                           Pai Joaquim - Exu Bara
                                                                                                                                           Pai Congo de Arruda - Exu do Lodo
                                                                                                                                           Mãe Maria Conga - Exu Caveira


         O dia preferencial para Exu é segunda-feira, suas cores são vermelho e preto, gostam de Pinga, Marafo e outras bebidas fortes.

         Exu caveira é considerado um dos principais integrantes das Linhas de Exu.  Conheça um pouco mais desta magnífica entidade.

         Características do Exu Caveira: Tem o Exu Caveira, em especial, o poder de ajudar a toda e qualquer espécie de especulação,
ensinando-nos todas as artimanhas da guerra e do modo de vencermos os nossos inimigos.  É encarregado de vigiar os cemitérios e
os lugares onde houver pessoas enterradas.  Sua força é de modo a incutir medo aos que o invocam e, de um modo geral, todo
trabalho ou despacho a ser feito num cemitério tem de ter a participação do Exu Caveira.  A ele, por sinal, bem se poderá dar o título
de lugar-tenente de Omulu e sem a sua participação, nenhum trabalho ou despacho feito no cemitério dará resultado.  Tanto que,
para se entregar, seja o que for, a Omulu, no Cruzeiro de um cemitério, é necessário e indispensável que, antes de o fazer, que se
salve Exu Caveira e, para isto, proceda-se da seguinte maneira: acende-se uma vela na sepultura que estiver mais perto do Cruzeiro,
à esquerda.  Em seguida, oferece-se a ele a vela, em sua homenagem, pedindo-lhe licença para entrega.

         Apresentação do Exu Caveira: Apresenta-se, em geral, com a forma de uma caveira, daí o seu nome.  Não tem a hora certa
para se apresentar, podendo fazê-lo quando menos se esperar, seja de dia ou de noite.  Na maioria das vezes, no entanto,
apresenta-se depois da hora grande, ou seja, meia-noite.


O Exu Caveira transmite as ordens recebidas para os seguintes Exus:


Exu Tata Caveira: Exu provocador do sono da morte e manipulador de todas drogas e entorpecentes.  Apresenta-se como uma caveira e
vestido de preto.

Exu Brasa: É o provocador de incêndios.  Domina o reino do fogo.  Concede aos que praticam magia negra o dom de andar sobre o
fogo.

Exu Pemba: É especializado na propagação de moléstias venéreas e também favorecer todas as espécies de amores clandestinos.
Apresenta-se como um mago.

Exu Maré: É o Exu especializado em facilitar a invisibilidade das pessoas, dando-lhes poderes de se transportar de um lugar para outro.
Sua apresentação é a de uma criatura normal.

Exu Carangola: Sua especialidade é fazer com que as pessoas fiquem perturbadas e dêem gargalhadas histéricas, dançando sem ter
vontade; comanda o ritmo cabalístico da dança.

Exu Arranca-Toco: Habita as matas.  É especializado no domínio de tesouros.

Exu Pagão: É especializado na separação de casais.  Tem poder de incutir ódio e ciúme nos corações humanos.

Características do Exu da Meia-Noite: O Exu da Meia-Noite é um dos mais invocados, porquanto é o encarregado de escrever toda a sorte
de caracteres e tratar, especialmente, das forças ocultas. Segundo a crença popular, foi ele quem ensinou a Cipriano todas as espécies
de sortes e mágicas que fazia.  À meia-noite o Exu da Meia-Noite faz a ronda do mundo físico, sendo por isso que, em geral, deixa-se
passar, pelo menos, uns cinco minutos da meia-noite para se sair à rua ou para se deixar um Terreiro. Isto, porém, na Umbanda, pois
na Quimbanda é exatamente à meia-noite que se fazem os despachos destinados ao Exu da Meia-Noite.


O Exu da Meia Noite transmite as ordens recebidas para os seguintes Exus:


Exu Mirim: Este Exu possui grande influência sobre as mulheres e crianças, sendo preferido pelas Mãe de Santo, para os trabalhos de
amarração. Apresenta-se com roupagem de criança.

Exu Pimenta: É o Exu especializado na elaboração da química e de todos os filtros de amor.  Dá o verdadeiro segredo do pó que
transforma metais.  É reconhecido quando incorpora por um forte cheiro de pimenta que exala.

Exu Malé: Este Exu tem o poder das artes mágicas e das bruxarias que se realizam nos Candomblés.  Apresenta-se com a forma de um
Preto Velho.  Mas é reconhecido pelo forte cheiro de enxofre que exala.

Exu das Sete Montanhas: É o Exu que tem o domínio sobre as águas dos rios e das cachoeiras que saem das montanhas.  Sua
roupagem é da cor do lodo e deixa no ar, quando incorporado, um forte cheiro de podre, emanado do seu corpo fluídico.

Exu Ganga: Este exerce domínio sobre os despachos que se fazem nos cemitérios, tanto nos casos em que o trabalho é feito para o
negativo como nos casos em que é para salvar alguém da morte.  Apresenta-se vestido de preto e cinza, deixando no ar forte cheiro
de carne em decomposição.

Exu Caminaloá: Este Exu trabalha ao lado do Exu Mangueira, e é um dos seis mais poderosos Exus da Quimbanda, ou melhor, do Povo
de Exu.  Apresenta-se comandando uma poderosa equipe de espíritos com a forma de Pretos, ornados de penas na cabeça e na
cintura com argolas nos lábios, nas orelhas e nos braços.  São esses espíritos, os especializados em provocar doenças mentais, até
mesmo a loucura.  O Exu Caminaloá é o Chefe da Linha de Mossurubi da Quimbanda.

Exu Quirombô: Este Exu tem atuação idêntica à do Exu Mirim.  No entanto, é especializado em prejudicar "mocinhas", desviando-as para
o mau caminho.  Apresenta-se, também, como uma criança.

         Os EXUS, possibilitando a manifestação dos conteúdos reprimidos do seu aparelho, acabam sendo confundidos com o próprio
manifestante e os seus traumas.

Afastando os excessos do médium e desbloqueando seus médiuns, observamos nas próprias Entidades Exus,
incorporados ou não, as seguintes características:

- São exigentes quanto ao preparo do filho de fé (moral, físico, espiritual e ritual);
- São exigentes quanto à limpeza e ordem, tanto dos seus objetos quanto do ambiente;
- Tem palavra e a honram;
- Buscam evoluir;

- Por sua função Kármica de Guardião, sofrem com os constantes choques energéticos a que estão expostos;

- Revoltam-se com aqueles que atrasam a sua evolução;

- Estas Entidades mostram-se sempre justas, dificilmente demonstrando emotividade, dando-nos a impressão de serem mais "Duras"
que as da Direita;

- São caridosas e trabalham nas suas consultas, mais com os assuntos Terra a Terra;

- Sempre estão nos lugares mais perigosos para a Alma Humana;

- Quando não estão em missão ou em trabalhos, demonstram o imenso Amor e Compaixão que sentem pelos encarnados e
descarnados;

- Dada a natureza da sua Missão, são realmente Entidades perigosas, mal comparando com a eletricidade, que ilumina e aquece, mas
que também fulmina.  Nós trabalhamos com Elas sempre sob o controle da Direita, para o próprio benefício delas e também do nosso;

- Muitas destas Entidades, após terem conquistado grande LUZ e PODER, tornaram a cair e a levantar-se;

- Quanto às suas vestimentas, formas corpóreas e maneiras de falar assumidas no Terreiro, saiba que são apropriadas à nossa
compreensão e também para a dos visitantes do mundo Astral mais baixo.  Eles a assumem para melhor poder cumprir o seu papel.
Na realidade, são belos e realmente possuem forte magnetismo pessoal.  Eles nos impõem respeito apenas pela presença.  Onde
 realmente estão, impõem também o respeito à LEI divina na qual não se afastam
Os primeiros europeus que tiveram contato na África com o culto do orixá Exú dos iorubás, venerado pelos fons como o vodum Legba ou Elegbara, atribuíram
a essa divindade uma dupla identidade: a do deus fálico greco-romano Príapo e a do diabo dos judeus e cristãos. A primeira por causa dos altares,
representações materiais e símbolos fálicos do orixá; a segunda em razão de suas atribuições específicas no panteão dos orixás e voduns e suas
qualificações morais narradas pela mitologia, que o mostra como um orixá que contraria  as regras mais gerais de conduta aceitas socialmente. Atribuições e
caráter que os recém-chegados cristãos não podiam conceber, enxergar sem o viés etnocêntrico e muito menos aceitar. Nas palavras de Pierre Verger, Exú
"tem um caráter suscetível, violento, irascível, astucioso, grosseiro, vaidoso, indecente", de modo que "os primeiros missionários, espantados com tal conjunto,
assimilaram-no ao Diabo e fizeram dele o símbolo de tudo o que é maldade, perversidade, abjeção e ódio, em oposição à bondade, pureza, elevação e amor
de Deus".
Assim, os escritos de viajantes, missionários e outros observadores que estiveram em território fom ou Iorubá entre os séculos XVIII e XIX, todos eles de cultura
cristã, quando não cristãos de profissão, descreveram Exú sempre ressaltando aqueles aspectos que o mostravam, aos olhos ocidentais, como entidade
destacadamente Exúalizada e demoníaca. Um dos primeiros escritos que se referem a Legba, senão o primeiro, é devido a Pommegorge, do qual se publicou
em 1789 um relato de viagem informando que "a um quarto de légua do forte os daomeanos há um deus Príapo, feito grosseiramente de terra, com seu
principal atributo (o falo), que é enorme e exagerado em relação à proporção do resto do corpo". De 1847 temos o testemunho de John Duncan, que
escreveu: "As partes baixas (a genitália) da estátua são grandes, desproporcionadas e expostas da maneira mais nojenta". É de 1857 a descrição do pastor
Thomas Bowen, em que é enfatizado o outro aspecto atribuído pelos ocidentais a Exú: "Na língua iorubá o diabo é denominado Exú, aquele que foi enviado
outra vez, nome que vem de su, jogar fora, e Elegbara, o poderoso, nome devido ao seu grande poder sobre as pessoas". Trinta anos depois, o abade Pierre
Bouche foi bastante explícito: "Os negros reconhecem em Satã o poder da possessão, pois o denominam comumente Elegbara, isto é, aquele que se apodera
de nós". E há muitos outros relatos antigos já citados por Verger, nenhum menos desfavorável ao deus mensageiro que esses.
Em 1884, publicou-se na França o livro Fétichisme e féticheurs, de autoria de R. P. Baudin, padre católico da Sociedade das Missões Africanas de Lyon e
missionário na Costa dos Escravos. Foi esse o primeiro livro a tratar sistematicamente da religião dos iorubás. O relato do padre Baudin é rico em pormenores
e precioso em informações sobre o panteão dos orixás e aspectos básicos do culto, tanto que o livro permanece como fonte pioneira da qual os
pesquisadores contemporâneos não podem se furtar, mas suas interpretações do papel de Exú no sistema religioso dos povos iorubás, a partir das
observações feitas numa perspectiva cristã do século XIX, são devastadoras. E amplamente reveladoras de imagens que até hoje povoam o imaginário
popular no Brasil, para não dizer do próprio povo-de-santo que cultua Exú, pelo menos em sua grande parte.
Assim é retratado Exú por padre Baudin:
"O chefe de todos os gênios maléficos, o pior deles e o mais temido, é Exú, palavra que significa o rejeitado; também chamado Elegbá ou Elegbara, o forte, ou
ainda Ogongo Ogó, o gênio do bastão nodoso.
"Para se prevenir de sua maldade, os negros colocam em suas casas o ídolo de Olarozê, gênio protetor do lar, que, armado de um bastão ou sabre, lhe
protege a entrada. Mas, a fim de se pôr a salvo das crueldades de Elegbá, quando é preciso sair de casa para trabalhar, não se pode jamais esquecer de dar
a ele parte de todos os sacrifícios. Quando um negro quer se vingar de um inimigo, ele faz uma copiosa oferta a Elegbá e o presenteia com uma forte ração
de aguardente ou de vinho de palma. Elegbá fica então furioso e, se o inimigo não estiver bem munido de talismãs, correrá grande perigo.
"É este gênio malvado que, por si mesmo ou por meio de seus companheiros espíritos, empurra o homem para o mal e, sobretudo, o excita para as paixões
vergonhosas. Muitas vezes, vi negros que, punidos por roubo ou outras faltas, se desculpavam dizendo: 'Eshu l'o ti mi', isto é, 'Foi Exú' que me impeliu'.
"A imagem hedionda desse gênio malfazejo é colocada na frente de todas as casas, em todas as praças e em todos os caminhos.
"Elegbá é representado sentado, as mãos sobre os joelhos, em completa nudez, sob uma cobertura de folhas de palmeira. O ídolo é de terra, de forma
humana, com uma cabeça enorme. Penas de aves representam seus cabelos; dois búzios formam os olhos, outros, os dentes, o que lhe dá uma aparência
horrível.
"Nas grandes circunstâncias, ele é inundado de azeite de dendê e sangue de galinha, o que lhe dá uma aparência mais pavorosa ainda e mais nojenta. Para
completar com dignidade a decoração do ignóbil símbolo do Príapo africano, colocam-se junto dele cabos de enxada usados ou grossos porretes nodosos. Os
abutres, seus mensageiros, felizmente vêm comer as galinhas, e os cães, as outras vítimas a ele imoladas, sem os quais o ar ficaria infecto.
"O templo principal fica em Woro, perto de Badagry, no meio de um formoso bosque encantado, sob palmeiras e árvores de grande beleza. Perto da laguna
em que se realiza uma grande feira, o chão é juncado de búzios que os negros atiram como oferta a Elegbá, para que ele os deixe em paz. Uma vez por ano,
o feiticeiro de Elegbá junta os búzios para comprar um escravo que lhe é sacrificado, e aguardente para animar as danças, ficando o resto para o feiticeiro.
"O caso seguinte demonstra a inclinação de Elegbá para fazer o mal.
O texto termina assim, sem entrar em pormenores que certamente eram impróprios à formação pudica do missionário, há a vaga referência a Príapo, o deus
fálico greco-romano, guardião dos jardins e pomares, que no sul da Itália imperial veio a ser identificado com o deus Lar dos romanos, guardião das casas e
também das praças, ruas e encruzilhadas, protetor da família e patrono da sExúalidade. Não há referências textuais sobre o caráter diabólico atribuído pelo
missionário a Exú, que a descrição prenuncia, mas há um dado muito interessante na gravura que ilustra a descrição e que revela a direção da interpretação
de Baudin. Na ilustração aparece um homem sacrificando uma ave a Exú, representado por uma estatueta protegida por uma casinhola situada junto à porta
de entrada da casa. A legenda da figura diz: "Elegbá, o malvado espírito ou o Demônio". Príapo e Demônio, as duas qualidades de Exú para os cristãos. Já
está lá, nesse texto católico de 1884, o binômio pecaminoso impingido a Exú no seu confronto com o Ocidente: sexo e pecado, luxúria e danação, fornicação e
maldade.
Nunca mais Exú se livraria da imputação dessa dupla pecha, condenado a ser o orixá mais incompreendido e caluniado do panteão afro-brasileiro, como bem
lembrou Juana Elbein dos Santos, praticamente a primeira pesquisadora no Brasil a se interessar pela recuperação dos atributos originais africanos de Exú,
atributos que foram no Brasil amplamente encobertos pelas características que lhe foram impostas pelas reinterpretações católicas na formação do modelo
sincrético que gabaritou a religião dos orixás no Brasil.
Para os antigos iorubás, os homens habitam a Terra, o Aiê, e os deuses orixás, o Orum. Mas muitos laços e obrigações ligam os dois mundos. Os homens
alimentam continuamente os orixás, dividindo com eles sua comida e bebida, os vestem, adornam e cuidam de sua diversão. Os orixás são parte da família,
são os remotos fundadores das linhagens cujas origens se perdem no passado mítico. Em troca dessas oferendas, os orixás protegem, ajudam e dão
identidade aos seus descendentes humanos. Também os mortos ilustres merecem tal cuidado, e sua lembrança os mantêm vivos no presente da coletividade,
até que um dia possam renascer como um novo membro de sua mesma família. É essa a simples razão do sacrifício: alimentar a família toda, inclusive os mais
ilustres e mais distantes ancestrais, alimentar os pais e mães que estão na origem de tudo, os deuses, numa reafirmação permanente de que nada se acaba
e que nos laços comunitários estão amarrados, sem solução de continuidade, o presente da vida cotidiana e o passado relatado nos mitos, do qual o presente
é reiteração.
As oferendas dos homens aos orixás devem ser transportadas até o mundo dos deuses. Exú tem este encargo, de transportador. Também é preciso saber se
os orixás estão satisfeitos com a atenção a eles dispensada pelos seus descendentes, os seres humanos. Exú propicia essa comunicação, traz suas
mensagens, é o mensageiro. É fundamental para a sobrevivência dos mortais receber as determinações e os conselhos que os orixás enviam do Aiê. Exú é o
portador das orientações e ordens, é o porta-voz dos deuses e entre os deuses. Exú faz a ponte entre este mundo e mundo dos orixás, especialmente nas
consultas oraculares. Como os orixás interferem em tudo o que ocorre neste mundo, incluindo o cotidiano dos viventes e os fenômenos da própria natureza,
nada acontece sem o trabalho de intermediário do mensageiro e transportador Exú. Nada se faz sem ele, nenhuma mudança, nem mesmo uma repetição. Sua
presença está consignada até mesmo no primeiro ato da Criação: sem Exú, nada é possível. O poder de Exú, portanto, é incomensurável.
Exú deve então receber os sacrifícios votivos, deve ser propiciado, sempre que algum orixá recebe oferenda, pois o sacrifício é o único mecanismo através do
qual os humanos se dirigem aos orixás, e o sacrifício significa a reafirmação dos laços de lealdade, solidariedade e retribuição entre os habitantes do Aiê e os
habitantes do Orum. Sempre que um orixá é interpelado, Exú também o é, pois a interpelação de todos se faz através dele. É preciso que ele receba
oferenda, sem a qual a comunicação não se realiza. Por isso é costume dizer que Exú não trabalha sem pagamento, o que acabou por imputar-lhe, quando o
ideal cristão do trabalho desinteressado da caridade se interpôs entre os santos católicos e os orixás, a imagem de mercenário, interesseiro e venal.
Como mensageiro dos deuses, Exú tudo sabe, não há segredos para ele, tudo ele ouve e tudo ele transmite. E pode quase tudo, pois conhece todas as
receitas, todas as fórmulas, todas as magias. Exú trabalha para todos, não faz distinção entre aqueles a quem deve prestar serviço por imposição de seu
cargo, o que inclui todas as divindades, mais os antepassados e os humanos. Exú não pode ter preferência por este ou aquele. Mas talvez o que o distingue
de todos os outros deuses é seu caráter de transformador: Exú é aquele que tem o poder de quebrar a tradição, pôr as regras em questão, romper a norma e
promover a mudança. Não é pois de se estranhar que seja considerado perigoso e temido, posto que se trata daquele que é o próprio princípio do movimento,
que tudo transforma, que não respeita limites e, assim, tudo o que contraria as normas sociais que regulam o cotidiano passa a ser atributo seu. Exú carrega  
qualificações morais e intelectuais próprias do responsável pela manutenção e funcionamento do status quo, inclusive representando o princípio da
continuidade garantida pela sExúalidade e reprodução humana, mas ao mesmo tempo ele é o inovador que fere as tradições, um ente portanto nada
confiável, que se imagina, por conseguinte, ser dotado de caráter instável, duvidoso, interesseiro, turbulento e arrivista.
Para um iorubá ou outro africano tradicional, nada é mais importante do que ter uma prole numerosa e para garanti-la é preciso ter muitas esposas e uma
vida sExúal regular e profícua. É preciso gerar muitos filhos, de modo que, nessas culturas antigas, o sexo tem um sentido social que envolve a própria idéia
de garantia da sobrevivência coletiva e perpetuação das linhagens, clãs e cidades. Exú é o patrono da cópula, que gera filhos e garante a continuidade do
povo e a eternidade do homem. Nenhum homem ou mulher pode se sentir realizado e feliz sem uma numerosa prole, e a atividade sExúal é decisiva para isso.
É da relação íntima com a reprodução e a sExúalidade, tão explicitadas pelos símbolos fálicos que o representam, que decorre a construção mítica do gênio
libidinoso, lascivo, carnal e desregrado de Exú-Elegbara.
Isso tudo contribuiu enormemente para modelar sua imagem estereotipada de orixá difícil e perigoso que os cristãos reconheceram como demoníaca. Quando
a religião dos orixás, originalmente politeísta, veio a ser praticada no Brasil do século XIX por negros que eram ao mesmo tempo católicos, todo o sistema
cristão de pensar o mundo em termos do bem e do mal deu um novo formato à religião africana, no qual um novo papel esperava por Exú.
O sincretismo não é, como se pensa, uma simples tábua de correspondência entre orixás e santos católicos, assim como não representava o simples disfarce
católico que os negros davam ao seus orixás para poder cultuá-los livres da intransigência do senhor branco, como de modo simplista se ensina nas escolas
até hoje. O sincretismo representa a captura da religião dos orixás dentro de um modelo que pressupõe, antes de mais nada, a existência de dois pólos
antagônicos que presidem todas as ações humanas: o bem e o mal; de um lado a virtude, do outro o pecado. Essa concepção, que é judaico-cristã, não
existia na África. As relações entre os seres humanos e os deuses, como ocorre em outras antigas religiões politeístas, eram orientadas pelos preceitos
sacrificiais e pelo tabu, e cada orixá tinha suas normas prescritivas e restritivas próprias aplicáveis aos seus devotos particulares, como ainda se observa no
candomblé, não havendo um código de comportamento e valores único aplicável a toda a sociedade indistintamente, como no cristianismo, uma lei única que
é a chave para o estabelecimento universal de um sistema que tudo classifica como sendo do bem ou do mal, em categorias mutuamente exclusivas.
No catolicismo, o sacrifício foi substituído pela oração e o tabu, pelo pecado, regrado por um código de ética universalizado que opera o tempo todo com as
noções de bem e mal como dois campos em luta: o de deus, que os católicos louvam nas três pessoas do Pai, Filho e Espírito Santo, que é o lado do bem, e o
do mal, que é o lado do diabo em suas múltiplas manifestações. Abaixo de deus estão os anjos e os santos, santos que são humanos mortos que em vida
abraçaram as virtudes católicas, às vezes por elas morrendo.
O lado do bem, digamos, foi assim preenchido pelos orixás, exceto Exú, ganhando Oxalá, o orixá criador da humanidade, o papel de Jesus Cristo, o deus
Filho, mantendo-se Oxalá no topo da hierarquia, posição que já ocupava na África, donde seu nome Orixalá ou Orixá Nlá, que significa o Grande Orixá. O
remoto e inatingível deus supremo Olorum dos iorubás ajustou-se à concepção do deus Pai judaico-cristão, enquanto os demais orixás ganharam a identidade
de santos. Mas ao vestirem a camisa de força de um modelo que pressupõe as virtudes católicas, os orixás sincretizados perderam muito de seus atributos
originais, especialmente aqueles que, como no caso da sExúalidade entendida como fonte de pecado, podem ferir o campo do bem, como explicou Monique
Augras, ao mostrar que muitas características africanas das Grandes Mães, inclusive Iemanjá e Oxum, foram atenuadas ou apagadas no culto brasileiro
dessas deusas e passaram a compor a imagem pecaminosa de Pombagira, o Exú feminizado do Brasil, no outro pólo do modelo, em que Exú reina como o
senhor do mal.
Foi sem dúvida o processo de cristianização de Oxalá e outros orixás que empurrou Exú para o domínio do inferno católico, como um contraponto requerido
pelo molde sincrético. Pois, ao se ajustar a religião dos orixás ao modelo da religião cristã, faltava evidentemente preencher o lado satânico do esquema deus-
diabo, bem-mal, salvação-perdição, céu-inferno, e quem melhor que Exú para o papel do demônio? Sua fama já não era das melhores e mesmo entre os
seguidores dos orixás sua natureza, que não se ajusta aos modelos comuns de conduta, e seu caráter não acomodado, autônomo e embusteiro já faziam dele
um ser contraventor, desviante e marginal, como o diabo. A propósito do culto de Exú na Bahia do final do século XIX, o médico Raimundo Nina Rodrigues,
professor da Faculdade de Medicina da Bahia e pioneiro dos estudos afro-brasileiros, escreveu em 1900 as seguintes palavras:
“Exú,  Bará ou Elegbará é um santo ou orixá que os afro‑baianos têm grande tendência a confundir com o diabo. Tenho ouvido mesmo de negros  africanos
que todos os santos podem se servir de Exú para mandar tentar ou perseguir a uma pessoa. Em uma pelo motivo mais fútil, não é raro entre nós ouvir-se
gritar pelos mais prudentes: Fulano olha Exú! Precisamente como diriam velhas beatas: Olha a tentação do demônio! No entanto, sou levado a crer que esta
identificação é apenas o produto de uma influência do ensino  católico”.
Transfigurado no diabo, Exú teve que passar por algumas mudanças para se adequar ao contexto cultural brasileiro hegemonicamente católico. Assim, num
meio em que as conotações de ordem sExúal eram fortemente reprimidas, o lado priápico de Exú foi muito dissimulado e em grande parte esquecido. Suas
imagens brasileiras perderam o esplendor fálico do explícito Elegbara, disfarçando-se tanto quanto possível seus símbolos sExúais, pois mesmo sendo
transformado em diabo, era então um diabo de cristãos, o que impôs uma inegável pudicícia que Exú não conhecera antes. Em troca ganhou chifres, rabo e
até mesmo os pés de bode próprios de demônios antigos e medievais dos católicos.
Com o avanço das concepções cristãs sobre a religião dos orixás, ao qual vieram se juntar no final do século XIX as influências do espiritismo kardecista, que
também absorvera orientações, visões e valores éticos cristãos, Exú foi cada vez mais empurrado para o lado do mal, cada vez mais obrigado, pelos seus
próprios seguidores sincréticos, a desempenhar o papel do demônio.
O preceito segundo o qual Exú sempre recebe oferenda antes das demais divindades serem propiciadas, e que nada mais representa que o pagamento
adiantado que Exú deve ganhar para levar as oferendas aos outros deuses, acabou sendo bastante desvirtuado. Passou-se a acreditar que as oferendas e
homenagens preliminares a Exú devem ser feitas para que ele simplesmente não tumultue ou atrapalhe as cerimônias realizadas a seguir. Grande parte dos
devotos dos orixás pensam e agem como se Exú devesse assim ser evitado e afastado, momentaneamente distraído com as homenagens, neutralizado como
o diabo com que agora é confundido. Seu culto transformou-se assim num culto de evitação. Isto pode ser observado hoje em qualquer parte do Brasil, na
maior parte dos terreiros de candomblé e umbanda, e também na África e em Cuba. Faz-se a oferenda não para que Exú cumpra sua missão de levar aos
orixás as oferendas e pedidos dos humanos e trazer de volta as respostas, mas simplesmente para que ele não impeça por meio de suas artimanhas,
brincadeiras e ardis a realização de todo o culto. Exú é pago para não atrapalhar, transformou-se num empecilho, num estorvo, num embaraço. Como se não
bastasse, é tido como aquele que se vende por um prato de farofa e um copo de aguardente.
É evidente que em certos terreiros da religião dos orixás, sobretudo em uns poucos candomblés antigos mais próximos das raízes culturais africanas, cultiva-
se uma imagem de Exú calcada em seu papel de orixá mensageiro dos deuses, cujas atribuições não são muito diferentes daquelas trazidas da África. Nesse
meio restrito, sua figura continua sendo contraditória e problemática, mas é discreta sua ligação sincrética com o diabo católico. O mesmo não ocorre quando
olhamos para a imagem de Exú cultivada por religiões oponentes, imagem que é largamente inspirada nos próprios cultos afro-brasileiros e que descrevem
Exú como entidade essencialmente do mal. A imagem de Exú consolidada por essas religiões, especialmente as evangélicas, que usam fartamente o rádio e a
televisão como meios de propaganda religiosa, extravasa para os mais diferentes campos religiosos e profanos da cultura brasileira e faz dele o diabo
brasileiro por excelência.
A imagem de Exú, o Diabo, é fartamente explorada pelas religiões que disputam seguidores com a umbanda e o candomblé no chamado mercado religioso,
especialmente as igrejas neopentecostais. Como mostrou  Ricardo Mariano, o neopentecostalismo caracteriza-se por "enxergar a presença e ação do diabo
em todo lugar e em qualquer coisa e até invocar a manifestação de demônios nos cultos" para humilhá-los e os exorcizar, demônios aos quais os evangélicos
atribuem todos os males que afligem as pessoas e que identificam como sendo, especialmente, entidades da umbanda, deuses do candomblé e espíritos do
kardecismo, ocupando os Exús e pombagiras um lugar de destaque no palco em que os pastores exorcistas fazem desfilar o diabo em suas múltiplas versões.
Em ritos de exorcismo televisivos da Igreja Universal do Reino de Deus, que representa hoje o mais radical e agressivo oponente cristão das religiões afro-
brasileiras, Exús e pombagiras são mostrados no corpo possuído de novos conversos saídos da umbanda e do candomblé, com a exibição de posturas e
gestos estereotipados aprendidos pelos ex-seguidores nos próprios terreiros afro-brasileiros. Todos os males, inclusive o desemprego, a miséria, a crise
familiar, entre outras aflições que atingem os cotidianos das pessoas, sobretudo os pobres, são considerados pelos neopentecostais como tendo origem no
diabo, identificado preferencialmente com as entidades afro-brasileiras, conforme também mostra Ronaldo Almeida. O desemprego, por exemplo, ao invés de
ser considerado como decorrente das injustiças sociais e problemas da estrutura da sociedade, como explicariam os católicos das comunidades eclesiais de
base, é visto pela Igreja Universal como resultante da possessão de alguma entidade como Exú Tranca Rua ou Exú Sete Encruzilhadas. Neste caso, o
exorcismo deve expulsar o Exú que provoca o desemprego.
Os evangélicos se valem ritualmente do transe de incorporação afro-brasileiro para trazer à cena as entidades que eles identificam como demoníacas e se
propõem a expulsar em ritos que chamam de libertação. Mariza Soares identifica outro paralelo muito expressivo entre o rito umbandista do transe e o rito
exorcista pentecostal. Diz ela: "A sexta-feira é conhecida na umbanda como o dia das giras de Exú que se dão geralmente à noite. A meia-noite, 'hora grande'
de sexta para sábado é o momento em que os Exús se manifestam e trabalham. É justamente nesta mesma hora que nas igrejas “evangélicas” estão sendo
realizadas as cerimônias onde esses Exús são invocados para, em seguida, serem expulsos dos corpos das pessoas presentes".
Ao descrever um ritual exorcista presenciado em um templo da Igreja Universal no bairro de Santa Cecília, no centro de São Paulo, em que se expulsava uma
entidade que foi incorporada através do transe e que se identificou como Exú Tranca Rua, Mariano registrou os versos do cântico então entoado
freneticamente pelos fiéis: "Tranca Rua e Pombagira fizeram combinação/ combinaram acabar com a vida do cristão/ torce, retorce, você não pode não/ eu
tenho Jesus Cristo dentro do meu coração". Eles acreditam que há um pacto firmado entre as entidades demoníacas para se apossar dos homens e os
destruir pela doença, pelo infortúnio, pela morte. É o que representa Exú para os neopentecostais, mas essa imagem está longe de estar confinada às suas
igrejas.
Entre os seguidores do catolicismo, a velha animosidade contra as religiões afro-brasileiras, que parecia arrefecida desde a década de 1960, quando a igreja
católica deixou de lado a propaganda contra a umbanda, que chamava de "baixo espiritismo", reavivou-se com a Renovação Carismática. Movimento
conservador que divide com o pentecostalismo muitas características, inclusive a intransigência para com outras religiões, o catolicismo carismático voltou a
bater na tecla de que as divindades e entidades afro-brasileiras não passam de manifestações do diabo, que se apresenta a todos, sem disfarce, nas figuras
de Exús e pombagiras. Está de volta a velha perseguição católica aos cultos afro-brasileiros, agora sem contar com o braço armado do estado, cuja polícia,
pelo menos até o início da década de 1940, prendia praticantes e fechava terreiros, mas podendo se valer de meios de propaganda igualmente eficazes. Exú,
o Diabo, mobiliza e legitima, aos olhos cristãos, o ódio religioso contra a umbanda e o candomblé, corporificado em verdadeira guerra religiosa de evangélicos
contra afro-brasileiros.
Essa é a concepção mais difundida que se tem de Exú na sociedade brasileira, é o que se vê na televisão e o que se dissemina pela mídia. Na  idéia mais
corrente que se tem de Exú, ele está sempre associado com a magia negra, com a produção do mal e até mesmo com a morte, uma idéia que certos feiticeiros
que se apresentam como sacerdotes afro-brasileiros fazem questão de propagar. É amplo o espectro da contrapropaganda que vitimiza o orixá mensageiro,
contra o qual parece confluirem as mais diferentes dimensões do preconceito que envolve em nosso país os negros e a herança africana. De fato, em vários
episódios de magia negra ocorridos recentemente no Brasil, com o assassinato de crianças e adultos, Exú e Pombagira têm sido apontados pela mídia como
motivadores e promotores do ato criminoso. Num desses casos, ocorrido na década de 1980, no Rio de Janeiro, um comerciante foi morto a mando da mulher
por causa de sua suposta impotência sExúal. Depois de ter fracassada a aplicação de vários procedimentos mágicos supostamente recomendados por
Pombagira, ela mesma teria sugerido o uso de arma de fogo para que a mulher se livrasse do incapaz e incômodo marido. Os implicados acabaram
condenados, mas a própria Pombagira, em transe, acabou comparecendo à presença do juiz. E lá estavam todos os ingredientes que têm, por mais de dois
séculos, alimentado a concepção demoníaca que se forjou de Exú entre nós: sexo, magia negra, atentado à vida, crime.
No interior do segmento afro-brasileiro, podemos contudo observar nos dias de hoje um movimento que encaminha Exú numa espécie de retorno aos seus
papéis e status africanos tradicionais. Em terreiros de candomblé que defendem ou reintroduzem concepções, mitologia e rituais buscados na tradição
africana, tanto quanto possível, especialmente naqueles terreiros que têm lutado por abandonar o sincretismo católico, Exú é enfaticamente tratado como um
orixá igual aos demais, buscando-se apagar as conotações de diabo, escravo e inimigo que lhe tem sido comumente atribuídas.
No candomblé cada membro do culto deve ser iniciado para um orixá específico, que é aquele considerado o seu antepassado mítico, sua origem de natureza
divina. Os que eram identificados pelo jogo oracular dos búzios como filhos de Exú estavam sujeitos a ser reconhecidos como filhos do diabo e, por isso,
acabavam sendo iniciados para outro orixá, especialmente para Ogum Xoroquê, uma qualidade de Ogum com profundas ligações com o mensageiro. Até
pouco tempo, eram raros e notórios os filhos de Exú iniciados para Exú. Isso vem mudando à medida que avança o movimento de dessincretização e já há
filhos de Exú orgulhosos de sua origem.

hoje em dia, em muitos terreiros de candomblé, concepções e práticas católicas que foram incorporadas à religião dos orixás em solo brasileiro vão sendo 
questionadas e deixadas de lado. Quando isso ocorre, Exú vai perdendo, dentro do mundo afro-brasileiro, a condição de diabo que a visão  maniqueísta do
catolicismo a respeito do bem e do mal a ele impingiu, uma vez que foi exatamente a cristianização dos orixás que transformou Oxalá em Jesus Cristo, Iemanjá
em Nossa Senhora, outros orixás em santos católicos, e Exú no diabo. Nesse processo de dessincretização, que é um dos aspectos do processo de
africanização por que passa certo segmento do candomblé, Exú tem alguma chance de voltar a ser simplesmente o orixá mensageiro que detém o poder da
transformação e do movimento, que vive na estrada, freqüenta as encruzilhadas e guarda a porta das casas, orixá controvertido e não domesticável, porém
nem santo nem demônio

 

Características

Cor
Preto e Vermelho
Fio de Contas
Preto e Vermelho
Ervas
Pimenta, capim tiririca, urtiga. Arruda, salsa, hortelã
Símbolo
Bastão – agô, Tridente
Pontos da Natureza
Encruzilhadas e passagens.
Flores
Cravos Vermelhos
Essências
-
Pedras
Granada, Rubi, Turmalina Negra, Onix
Metal
Ferro
Saúde
Dores de cabeça relacionadas a problemas de fígado
Planeta
Mercúrio
Dia da Semana
Segunda-feira
Elemento
Fogo
Chakra
Básico, Sacro
Saudação
Laroiê Exú, Exú ê, Exú Amogibá
Bebida
Cachaça
Animais
Cachorro, Galinha Preta
Comidas
Padê
Numero
-
Data Comemorativa
13 de Junho
Sincretismo
Diabo, Santo Antônio.
Incompatibilidades
Leite, Comidas Brancas e Sal

Atribuições
Vigia as passagens, abre e fecha os caminhos.Por isso ajuda a resolver problemas da vida fora de casa e a encontrar caminhos para progredir,além de
proteger contra perigos e inimigos.


Lendas De Exú

Porque Exú Recebe Oferendas Antes Dos Outros Orixás
Exu foi o primeiro filho de Iemanjá e Oxalá. Ele era muito levado e gostava de fazer brincadeiras com todo mundo. Tantas fez que foi expulso de casa. Saiu
vagando pelo mundo, e então o país ficou na miséria, assolado por secas e epidemias. O povo consultou Ifá, que respondeu que Exu estava zangado porque
ninguém se lembrava dele nas festas; e ensinou que, para qualquer ritual dar certo, seria preciso oferecer primeiro um agrado a Exu. Desde então, Exu
recebe oferendas antes de todos, mas tem que obedecer aos outros Orixás, para não voltar a fazer tolices.
Vingança de Exú
Um homem rico tinha uma grande criação de galinhas. Certa vez, chamou um pintinho muito travesso de Exú, acrescentando vários xingamentos. Para se
vingar, Exú fez com que o pinto se tornasse muito violento. Depois que se tornou galo, ele não deixava nenhum outro macho sossegado no galinheiro: feria e
matava todos os que o senhor comprava. Com o tempo, o senhor foi perdendo a criação e ficou pobre. Então, perguntou a um babalaô o que estava
acontecendo. O sacerdote explicou que era uma vingança de Exú e que ele precisaria fazer um ebó pedindo perdão ao Orixá. Amedrontado, o senhor fez a
oferenda necessária e o galo se tornou calmo, permitindo que ele recuperasse a produção.

Exú Instaura O Conflito Entre Iemanjá, Oiá E Oxum
Um dia, foram juntas ao mercado Iansã e Oxum, esposas de Xangô, e Iemanjá, esposa de Ogum. Exú entrou no mercado conduzindo uma cabra, viu que tudo
estava em paz e decidiu plantar uma discórdia. 

 

Tópico: exu e pomba gira

pomba gira das almas

Data: 13/02/2014 | De: patricia

gostaria de saber quem foi pomba gira das almas?gostei muito parabems pela sabedoria

trazer meu amor de volta urgente

Data: 07/02/2014 | De: ic

peço a exu e maria padilha que se o kelvin me ama também como eu amo ele que me ajudem a trazer ele pra mim,mais se for pra mim sofrer deixe ele onde ele tá.

exu tranca rua

Data: 07/12/2013 | De: arice

sem tus meu rei eu não seria magestade minha protesão vem do senhor meu guereiro grande rei o dono da rua o maravilhoso exu que tranca e destranca maravilhoso rei tus vai destrancar meu rei tudoqueestar trancado minha fé em ti numca falha eu tenho muita fé em exu e ponba gira sem eles não tinha caminho condisões finamceiras mas toma muito cuidadoexu da mas exu e ponba gira toma tanbem mas eu amos meus exu e minha senhora pomba gira soberana laroye mogubaaaaaa mulher

pomba gira e exú

Data: 07/12/2013 | De: claudia

pomba gira tem que ser cuidada zelada e presentiada sem minha pomba gira maria padilha da estrada eu não seria nimguem pomba gira e exu é grandes caminhos realisaçoes o mulher soberana e eleganti sem ti eu não seria nada nimguem to chegando pra ter que eu quero sei que tus pode me dar mas sei que sem ti minha rainha que si encorpora em min sem vc eu nãoserianimguem tus é poderosa laroye maria padilha da estrada aonde poder falar de ti eu vou falar sem medo por que tus é minha rainhaminha protesão sem a senhora quem seria eu.......................

Novo comentário

Palavras-chave

  1. vela de amarração
  2. gifs dos arcanos
  3. gif dos orixás
  4. gif das cartas do baralho cigano
  5. imagem das cartas do baralho cigano
  6. imagem de umbanda
  7. imagem de orixás
  8. cartas da cartomancia gif
  9. cartas da cartomancia imagem
  10. oráculos gif
  11. imagens esotéricas
  12. oráculos imagem
  13. imagem quimbanda
  14. imagem umbanda
  15. imagem de yemanjá bela
  16. paisagens imagem
  17. imagem paisagem
  18. vela de homem
  19. vela de sapo
  20. vela de parafina de animais
  21. vela de sebô
  22. vela aromatica
  23. vela de cera
  24. vela de vagina
  25. vela de penis
  26. velas de ervas curativas
  27. homeganem a caboclo pantera negra. caracteristicas de pantera negra
  28. A Pantera Negra e sua relação
  29. ponto cantado de caboclo pantera negra
  30. Caboclo Pantera Negra
  31. imagem oxum
  32. gif entidades
  33. valete de espadas
  34. valete de ouro
  35. valete de copas
  36. valete de paus
  37. Valetes ou pajens
  38. naipe de copas e o baralho cigano
  39. figuras na cartomancia
  40. cartomancia e o naipe de copas
  41. caracteristicas do naipe de copas
  42. Naipe de copas cartas
  43. interpretaçao dos reis nas cartas
  44. rei de espadas
  45. rei de paus
  46. os valetes na cartomancia
  47. caracteristica dos valetes na cartomancia
  48. os valetes no baralho cigano
  49. gif umbanda
  50. gif oxum
  51. gifs e imagens esotéricas
  52. cavaleiros e caracteristicas
  53. cavaleiros e tiragens
  54. a figura masculina dos cavaleiros
  55. os cavaleiros na cartomancia
  56. cavaleiros de copas
  57. cavaleiros de ouros
  58. cavaleiros de espadas
  59. cavaleiros de paus
  60. vOs cavaleiros
  61. Os cavaleiros
  62. a figura dos homens nos reis da cartomancia
  63. cartas e tarot
  64. oferenda a omulu obaluaiê
  65. caracteristicas de omulu obaluaiê
  66. Orixá Omulú / Obaluaiê
  67. lendas de yemanjá
  68. oferenda a yemanjá
  69. qualidades de yemanjá
  70. filhos de oxalufã
  71. oferenda a oxalufã
  72. caracteristicas de oxalufã
  73. Orixá Oxalufã
  74. cultura cigana
  75. quem foi cigana? cores dos ciganos
  76. quem foi cigano?
  77. lendas de omulu obaluaiê
  78. omulu obaluaiê na umbanda
  79. cores de omulu obaluaiê
  80. amor e baralho
  81. consulte o baralho do amor
  82. sua vida amorosa no baralho
  83. baralho cigano do amor
  84. Baralho do Amor
  85. filhos de ossaim
  86. medius de ossaim
  87. ponto de ossaim
  88. oferenda a ossaim
  89. caracteristicas de ossaim
  90. orixá ossaim
  91. Ossaim
  92. ano de omulu obaluaiê
  93. tudo sobre os ciganos
  94. cigano pablo
  95. ciganos
  96. quimbanda
  97. orações
  98. anjos
  99. magia branca
  100. bruxaria magia negra
  101. feitiçaria
  102. magia
  103. simpatia
  104. defumação
  105. banhos
  106. búzios
  107. runas
  108. ciganas
  109. bola de cristal
  110. consultas esotéricas
  111. espiritos ciganos
  112. entidades ciganas
  113. tarô cigano
  114. tarô e os arcanos
  115. dedaleira
  116. flor de maracujá
  117. hibisco
  118. rosa
  119. Encontre sua flor. Hóroscopo das flores.campainha imperial
  120. arcanos do tarô
  121. oxum do amor
  122. ORAÇÃO A SÃO CIPRIANO: oração das 13 coisas para amolecer o coração de alguém.
  123. consultas com tarot
  124. vela de união
  125. os reis e os homens
  126. o 7 de paus na cartomancia
  127. Deus Osíris
  128. Deus Maat
  129. Deus Neit
  130. Deus Rá
  131. Horóscopo Egipcio
  132. arvore goiabeira
  133. signo de jacarandá
  134. signo de oliveira
  135. signo de ipê
  136. Horóscopo das Árvores
  137. Depressão e suicídio
  138. mãe pisciana
  139. mãe aquariana
  140. Deus Hátor
  141. Deus Anúbis
  142. Deus Bastet
  143. o as de paus na cartomancia
  144. a dama de paus na cartomancia
  145. o rei de paus na cartomancia
  146. Naipe de Paus cartas
  147. mantras de ganesha
  148. egipcia do gato
  149. magias e oráculos
  150. Oráculos e animais
  151. Deus ÍSIS
  152. Deus TOT
  153. Deus Ptah
  154. Deus Sekhmet
  155. Deus Taueret
  156. mãe capricornia
  157. mãe sagitariana
  158. Banhos na Umbanda
  159. maldição espiritual
  160. obsessão espiritual
  161. doença espiritual
  162. carmas depressivos
  163. karmas
  164. depressão
  165. Doenças Espirituais
  166. oferendas a oxumaré
  167. caracteristicas de Oxumaré
  168. orixá Oxumaré
  169. Oxumaré
  170. oferenda a ewá
  171. banho energetico
  172. banho para amor
  173. banho para abrir caminho
  174. mãe escorpiana
  175. mãe libriana
  176. mãe virgiana
  177. mãe canceriana
  178. mãe germinana
  179. mãe taurina
  180. Horoscopo das mães. mãe ariana
  181. Signos e remedios florais
  182. banho de amarração
  183. banho de sal grosso
  184. banho para os negocios
  185. banho para dinheiro
  186. banho de atração
  187. caracteristicas de ewá
  188. o rei de ouros
  189. Horoscopo Xâmanico urso pardo
  190. Horoscopo Xâmanico salmão
  191. Horoscopo Xâmanico castor
  192. Horoscopo Xâmanico lobo
  193. horoscopo xamã
  194. Horoscopo Xâmanico
  195. incenso de pomba gira
  196. incenso de almiscar
  197. incenso de jasmim
  198. pra que serve o incenso
  199. usar incenso
  200. incenso nos rituais
  201. incenso na magia
  202. Horoscopo Xâmanico pica pau
  203. Simbolos númericos 1/10
  204. Naipes e elementos
  205. o rei de espadas
  206. Interpretações usuais na Cartomancia
  207. Os reis
  208. naipe de ouros e riqueza
  209. cartomancia e o naipe de ouros
  210. Naipe de ouro significados gerais
  211. Naipe de ouro cartas
  212. cartomancia e os elementos
  213. cartomancia e os naipes
  214. ar naipe de espadas
  215. agua naipe de copas
  216. terra naipe de ouros
  217. fogo naipe de paus
  218. incenso e suas caracteristicas
  219. incenso de sandalo
  220. FENG SHUI - DICAS
  221. FENG SHUI - QUARTOS
  222. FENG SHUI - JARDINS
  223. FENG SHUI - COZINHA
  224. FENG SHUI - BANHEIRO
  225. FENG SHUI - SÍMBOLOS DOS ANIMAIS
  226. Feng shui
  227. aprenda a calcular o odú
  228. aprenda a calcular odús
  229. calcular odús
  230. odús
  231. Traição sentimental nos signos
  232. signos
  233. FENG SHUI - CORES
  234. CHAKRAS E CORES
  235. cores e energia
  236. incenso de rosas
  237. Incensos
  238. Horóscopo cigan
  239. Horóscopo cigano machado
  240. Horóscopo cigano adaga
  241. Horóscopo cigano moeda
  242. Horóscopo cigano sino
  243. Horóscopo cigano estrela
  244. Horóscopo cigano roda
  245. Horóscopo cigano candeias
  246. Horóscopo cigano coroa
  247. Horóscopo cigano punhal
  248. Horóscopo cigano
  249. caracteristicas da cartomancia naipe
  250. Tarot Pra que serve o tarot
  251. Exu Mirim é criança de Umbanda
  252. magia para emagrecer
  253. simpatia para emagrecer
  254. Magias e simpatias para emagrecer
  255. caracteristicas de Maria Padilha Pombo gira
  256. Maria Padilha Pombo gira
  257. lista de comida das entidades
  258. lista de comidas de santos
  259. caruru
  260. axoxô
  261. ado
  262. amalá
  263. acarajé
  264. Comida dos orixás
  265. jejum
  266. chico xavier simpatia
  267. simpatia pra perder peso
  268. Como posso obter o Ponto riscado do Caboclo Cobra Coral?
  269. wicca para iniciantes
  270. aprender wicca
  271. Wicca 13 Metas
  272. deusa de kalli
  273. deusa hecate
  274. deusa mãe
  275. o que é um bruxo
  276. O que é Uma bruxa?
  277. simpatia com agua e arroz
  278. simpatia com grão de arroz
  279. Simpatia para emagrecer de Chico Xavier
  280. simpatia pra perder kilo
  281. exus diversos
  282. exu e suas falanges
  283. Historia Exu das Sete Encruzilhadas
  284. Exu das Sete Encruzilhadas
  285. oração de cigano pablo
  286. pablo cigano oração
  287. CIGANO PABLO Ponto
  288. historia de cigano ramires
  289. as cores do cigano ramires
  290. cigano ramires e sua magia
  291. caracteristicas do cigano ramires
  292. CIGANO RAMIRES
  293. SANTA SARA - PROTETORA DOS CIGANOS
  294. SAUDAÇÃO AOS ELEMENTOS DO POVO CIGANO
  295. bebida da cigana clara
  296. exu rei das 7 encruzilhadas
  297. Exu veludo
  298. Exu Veludo 7 Encruzilhadas
  299. Exu Cigano
  300. homens no tarot- rei de ouro
  301. homens no tarot-Rei de Espadas
  302. homens nas cartas de Tarot- rei de paus
  303. homens nas cartas de Tarot
  304. personalidade dos homens no tarot
  305. personalidade do rei de paus
  306. falange Exu da Meia noite
  307. caracteristicas Exu da Meia noite
  308. Exu da Meia noite
  309. Exu Veludo Cigano
  310. Exu Veludo da Meia Noite
  311. Exu Veludo do Oriente
  312. cor da cigana clara
  313. Rei de Copas
  314. o homem de touro apaixonado
  315. O Homem Taurino Apaixonado
  316. magias e rituais
  317. orações ciganas
  318. salmos
  319. santos
  320. sonhos
  321. amarração amorosa
  322. tarô online
  323. significado da carta os enamorados
  324. arcano os amantes
  325. tarot carta os amantes
  326. Tarot carta os enamorados
  327. como conquistar um homem taurino
  328. como seduzir um homem de touro
  329. touro e o amor
  330. arcanjo anael
  331. arcanjo rafael
  332. arcanjo samuel
  333. arcanjos dos signos
  334. touro e as caracteristicas dos homens
  335. personalidade do homem de touro
  336. O homem Taurino
  337. aries e o casamento
  338. aries e o amor
  339. como conquistar um ariano
  340. homem de aries apaixonado
  341. lendas ciganas
  342. taurino e o amor
  343. cosme e damião na umbanda
  344. brinquedo de cosme e damião
  345. Mestre ou Caboclo Leia mais: http://preview.tarotchatealtamagia.webnode.com.br/ze-pelintra-algumas respostas
  346. Zé pelintra aSeu Zé Pelintra é Exu
  347. salamandras
  348. gnomos
  349. O que é isso de elementais falsos
  350. O que são elementais
  351. Exu é diabo?
  352. Com quanto Exus eu posso trabalhar
  353. cigana das almas
  354. cigana sulamita
  355. Tenho uma entidade
  356. entidades que já chegam bêbadas
  357. entidades de Umbanda bebem
  358. Seu Zé Pelintra é Exu
  359. Mestre ou Caboclo
  360. chá de erva agoniada
  361. doces de cosme e damião
  362. balas de são cosme e damião
  363. Amados São Cosme e São Damião
  364. Oração a Cosme e Damião
  365. omulu e as pipocas
  366. omulu carne de porco
  367. oferendas a omulu
  368. Culto a Omulú/Obaluaiê
  369. menstruação irregular
  370. corrimento vaginal
  371. árvore de casca amarga
  372. trato urinário
  373. erva agoniada
  374. Preto Velho e Caboclo fumam nos Terreiros
  375. cigana clara do oriente
  376. como seduzir homem libriano
  377. conquistar homem sagitariano
  378. O homem de sagitário
  379. capricorniano apaixonado
  380. conquistar homem capricorniano
  381. como conquistar homem de capricornio
  382. homem de capricornio
  383. seduzir homem aquariano
  384. caracteristica do homem aquariano
  385. homem de aquario quando ama
  386. conquistar homem de aquario
  387. O homem de aquário
  388. caracteristicas do homem de peixes
  389. como conquistar um homem de peixes
  390. conquistar homem de sagitario
  391. homem sagitariano apaixonado
  392. homem sagitariano amando
  393. como conquistar um libriano
  394. o libriano apaixonado
  395. o homem libriano
  396. homem de liibra amando
  397. homem de libra apaixonado
  398. O homem de Libra
  399. seduzir um homem de escorpião
  400. homem de escorpião amando
  401. o homem de escorpião apaixonado
  402. conquistar o homem de escorpião
  403. O homem de escorpião
  404. seduzir o homem de sagitario
  405. amor do homem de sagitario
  406. como conquistar um pisciano
  407. O pisciano
  408. origens ciganas
  409. História dos Ciganos
  410. umbanda branca
  411. jogar tarot de marselha
  412. tarot de marselha o que é
  413. o sacerdote
  414. a papisa
  415. o mundo
  416. o louco
  417. Taro é o chamado Taro de Marselha
  418. ciganos espanhói
  419. cartas do Taro
  420. Taro é um baralho
  421. Pêndulos
  422. limpeza energetica
  423. necromancia
  424. homem de peixes
  425. Homem ariano quando apaixonados
  426. o ariano na cama
  427. como seduzir um ariano
  428. como seduzir homem de aries
  429. como conquistar um homem ariano
  430. ariano como conquistar
  431. O ariano adora
  432. O Homem de Áries
  433. Analisando os movimentos do Pêndulo
  434. Usando o Pêndulo
  435. Como usar e fazer o pendulo
  436. tecnicas de radiostesia
  437. O Tarot é
  438. CIGANA CLARA
  439. o homem na personalidade do rei de paus
  440. Ritual Cigano para esquecer um amor
  441. oração amorosa de oxum
  442. oração de oxum para o amor
  443. Oração e Prece a Oxum
  444. proteção de santa sara
  445. escrever nome no papel
  446. pedaço de papel
  447. dente de alho
  448. Ritual Cigano para a saúde
  449. pires branco
  450. mel de abelha
  451. mel
  452. Magia para trazer amor de volta
  453. magia de amor com chuchu
  454. chuchus
  455. roupa do cigano igor
  456. o que cigano igor bebe
  457. bebida do cigano igor
  458. oferenda a cigano igor
  459. prece a cigano igor do oriente
  460. oração ao cigano igor
  461. CIGANO IGOR DO RIO EUFRATES
  462. magia pra namorado voltar
  463. magia pra ex voltar
  464. magia de amor para trazer ex de volta
  465. magia de amor para trazer homem de volta
  466. barbante
  467. 2 papeis brancos
  468. Ritual cigano para o amor
  469. pregos novos
  470. O Homem de Gêmeos
  471. como seduzir o canceriano
  472. homem de cancer apaixonado
  473. como conquistar um homem de cancer
  474. O Homem de Cancer
  475. como seduzir um homem de virgem
  476. caracteristicas dos homens de virgens
  477. o homem de virgem apaixonado
  478. como conquistar o homem virgiano
  479. O Homem de virgem
  480. como seduzir o homem de leão
  481. como conquistar o homem leonino
  482. como conquistar o homem de leão
  483. como conquistar homem de gemeos
  484. homem de gemeos apaixonado
  485. como seduzir um germiniano
  486. pregos
  487. maça vermelha
  488. Ritual Cigano para trabalho
  489. dinheiro e fartura
  490. fazer defumação
  491. queimar as ervas
  492. erva doce
  493. folhas de louro
  494. Ritual Cigano para atrair dinheiro
  495. Signos e os Anjos
  496. como entender um homem de gemeos
  497. como deixar um homem de gemeos apaixonado
  498. germiniano apaixonado
  499. O Homem de leão
  500. orixá Ewá
  501. homem leonino
  502. Mulher do signo de leão
  503. pai leonino
  504. signo de leão e o pai
  505. Signo de Leão o Pai Leonino
  506. a mãe de leão
  507. mãe leonina
  508. Signo de Leão A mãe leonina
  509. leão criança
  510. personalidade de criança de leão
  511. signo de leão e a criança
  512. Signo de leão a criança e a personalidade
  513. Os leoninos
  514. caracteristicas do signo de leão
  515. Mulher leonina
  516. mulher de leão
  517. mulher de leão e personalidade
  518. Homem do signo de leão
  519. leão com virgem
  520. leão com peixes
  521. leão com aquario
  522. leão com capricornio
  523. leão com sagitário
  524. leão com escorpião
  525. leão com libra
  526. leão com cancer
  527. leão com gêmeos
  528. leão com touro
  529. leão com áries
  530. Leão e suas combinações amorosa
  531. leoninos gostam de se apaixonar
  532. signo de leão
  533. oferenda para o dia de santa sara
  534. wladimir e oferenda
  535. oferenda a cigano wladimir
  536. oferenda a wladimir
  537. ponto caboclo na umbanda
  538. ponto de cabocla jurema
  539. ponto de 7 flechas
  540. ponto de oxossi
  541. ponto cantado caboclo
  542. ponto cantados de caboclo
  543. ponto cantados de umbanda
  544. como seduzir homem de leão
  545. como seduzir homem de libra
  546. santa sara kalli oferendas
  547. santa sara kalli
  548. santa sara de kalli
  549. Signo de Leão - O poderoso
  550. reverencias a obaluaiê
  551. oração a obaluaiê
  552. prece a obaluaiê
  553. prece e reza a obaluaiê
  554. abrir caminhos
  555. dos inimigos
  556. força do mal
  557. olho grande
  558. inveja
  559. 1 copo de água
  560. Ascender uma vela branca
  561. Banho de Descarrego
  562. como seduzir homem de virgem
  563. baralho cigano e as cartas
  564. exu mirim
  565. exu arranca toco
  566. exu tranca rua das almas
  567. tatá caveira
  568. exu do lodo
  569. exu caveira
  570. exu tiriri
  571. exu e pomba gira
  572. baianos
  573. marinheiros na umbanda
  574. malandros de quimbanda
  575. historia dos malandros
  576. historia de maria navalha
  577. maria padilha
  578. pombo gira e maria padilha
  579. maria mulambo
  580. baralho cigano e o amor
  581. baralho cigano carta o cavaleiro
  582. baralho cigano carta 01
  583. baralho cigano
  584. cartomancia e naipe de ouros
  585. cartomancia e naipe de copas
  586. cartomancia e desejos
  587. naide de ouros
  588. naipe de paus
  589. naipe de espadas
  590. Baralho divinatório
  591. o baralho comum joga cartomancia
  592. cartomancia e o baralho comum
  593. maria navalha
  594. malandros de pernambuco
  595. bruxos da wicca
  596. bruxas da wicca
  597. a magia wicca
  598. wicca
  599. orixas ancestral
  600. orixas de frente
  601. tarot e a cromoterapia
  602. signos e as cores
  603. cromoterapia e os signos
  604. o poder das cores
  605. cromoterapia
  606. Sexualidade do Homem de leão
  607. personalidade do homem de leão
  608. tarot wiccano
  609. tarot das bruxas
  610. tarot dos bruxos
  611. história de zé pelintra
  612. baianos e marinheiros
  613. Malandros
  614. cristais como amuletos
  615. tarot e os cristais
  616. cristais como elementos mágicos
  617. a magia dos cristais
  618. cristais
  619. bruxinhas
  620. magia das bruxas
  621. bruxa évora
  622. bruxo são cipriano
  623. bruxo cipriano
  624. homem de leão e personalide
  625. como conquistar homem de cancer
  626. exu o mensageiro
  627. cartomancia cigana
  628. cartomancia na web
  629. cartomancia do amor
  630. umbanda musicas
  631. cartomancia online
  632. cartomancia
  633. cartomancia dos ciganos
  634. astrologia e o tarot
  635. astrologia e os planetas
  636. astrologia egipcia
  637. astrologia maia
  638. quiromamcia do amor onliine
  639. como jogar quiromancia
  640. cartomancia e tarot
  641. baralho tradicional e cartomancia
  642. seu destino revelado pela cartomancia
  643. cromoterapia em ambientes
  644. cromoterapia azul
  645. cromoterapia das cores
  646. cromoterapia cursos
  647. cromoterapia verde
  648. orixas adjunto
  649. a importancia dos orixás
  650. umbanda
  651. oração cigana para proteção
  652. oração cigana para saúde
  653. oração cigana para trabalho
  654. oração cigana para amor de volta
  655. oração cigana para o amor
  656. jogar quiromancia online
  657. quiromancia jogar
  658. tarot e magia
  659. umbanda pontos
  660. jogar tarot online
  661. tarot online
  662. jogar tarot
  663. tarot de marselha
  664. tarot
  665. cartomancia baralho cigano
  666. cartomancia cigana gratis
  667. Pesquisas relacionadas a cartomancia cartomancia do amor runas
  668. Essências Afrodisíacos. Masculino Abrontano
  669. orquideas afrodisiacas
  670. orquideas
  671. carta o mago
  672. consultoria esotérica
  673. orientação espiritual
  674. quiromancia
  675. astrologia
  676. astrologia chinesa
  677. astrologia do amor
  678. astrologia e os signos
  679. pode confiar na astrologia
  680. horóscopo e astrologia
  681. astrologia indiana
  682. astrologia cigana
  683. marselha o mago
  684. tarot o mago
  685. mago carta
  686. mago
  687. Essências Afrodisíacos
  688. como conquistar homem de gêmeos
  689. astrologia para gays
  690. erva para o amor
  691. levante erva
  692. erva abre caminho
  693. planta abre caminho
  694. abre caminho erva
  695. erva levante
  696. ervas para banhos e curas
  697. ervas
  698. reconquiste seu amor
  699. amarramos seu amor
  700. grátis amarração amorosa
  701. amarração amorosa grátis
  702. Astrologia Para Gays
  703. emoções de Touro
  704. touro e a personalidade
  705. como conquistar homem de touro
  706. como seduzir homem de áries
  707. seduzir um homem pelo signo
  708. homens de leão
  709. signo de leão no amor
  710. leao e a personalidade
  711. leão e as emoções
  712. cancer eo amor
  713. cancer e personalide
  714. emoções do signo de cancer
  715. signo de gemeos
  716. gemeos e a personalidade
  717. emoções de Gêmeos
  718. amarrar homem
  719. amarro seu homem
  720. cigana vidente
  721. instrumentos ciganos
  722. cores ciganas
  723. roupas ciganas
  724. comidas ciganas
  725. cigana do amor
  726. cigano do ouro
  727. ciganas da sorte
  728. oráculo cigano
  729. a origem do povo cigano
  730. historia do povo cigano
  731. povo cigano
  732. significado das cores
  733. vidente cigana
  734. banhos para amor
  735. banhos de descarrego
  736. trago seu ex de volta
  737. trago seu amor aos pés
  738. trago seu amor de volta
  739. trazer amor de volta
  740. amarração definitiva
  741. banho de rosas e amor
  742. banho com sal grosso
  743. banho de descarrego
  744. banho para quebrar olho grande
  745. banho para abrir caminhos
  746. banho para abrir caminhos no amor
  747. banho para quebrar feitiços
  748. banha para trazer ex amor
  749. cromoterapia significado
  750. o cavaleiro 9 de copas
  751. o poder das velas
  752. carregar
  753. Dicionário Mágico letra c
  754. bruxaria
  755. bruxa
  756. bonequinha de milho
  757. bolline
  758. besom
  759. beltrane
  760. banquete simples
  761. Dicionário Mágico letra B
  762. athame
  763. magia popular
  764. arte
  765. circulo de pedras
  766. coven
  767. ORAÇÃO PARA AMANSAR
  768. Magia das Velas e sua Utilização
  769. velas
  770. umbanda e logum edé
  771. entidade logun edé
  772. o que era logum edé
  773. caracteristica de logum edé
  774. orixá logum edé
  775. oração cabra preta
  776. cabra preta
  777. são cipriano oração da cabra preta
  778. amansar mulher
  779. amansar homem
  780. oração de são cipriano para amansar
  781. antigos
  782. amuleto
  783. cartomancia naipe de ouros
  784. cartomancia naipe de paus
  785. Horoscopo Druídico
  786. Orixá Yemanjá
  787. ponto cigano wladimir
  788. ponto cigano pablo
  789. ponto cigano igor
  790. ponto cigana carmencita
  791. Pontos e cantos ciganos
  792. cabocla cigana
  793. caboclo cigano
  794. exu cigano
  795. pomba gira cigana
  796. cartomancia naipe de copas
  797. cleromancia
  798. cleromancia dados
  799. akasha
  800. advinhação
  801. ibejis e a gravidez
  802. orixá ibeji
  803. ibejis e as crianças
  804. as crianças
  805. os ibejis
  806. Ibeji
  807. sorte nos dados
  808. sorte no dominó
  809. videncia no dominó
  810. oraculo dos dados
  811. dados e videncia
  812. linha cigana na umbanda
  813. ewá
  814. oxossi e os caboclos
  815. oxece
  816. oxesse
  817. oxossi o rei das matas
  818. entidade oxossi
  819. Orixá Oxossi
  820. Tarot-tarot de marselha
  821. xangô orixá da justiça
  822. comida de xangô
  823. Orixá Xangô
  824. responde orixá oxum
  825. jogo com 21 buzios
  826. Búzios O MÉTODO PELA NAÇÃO ANGOLA
  827. comida de oxossi
  828. Orixá Nanã Burukú
  829. nanã
  830. tarot carta sacerdotisa
  831. tarot Carta o Mago
  832. carta o louco e caracteristica
  833. tarot carta o louco
  834. taro
  835. oferenda a ogum
  836. oxum e caracteristicas
  837. ogum merge
  838. ogum orixá
  839. Orixá Ogum
  840. oferendas a nanã
  841. nanã e carasteristicas
  842. nanã orixá
  843. os buzios e os sacerdotes
  844. medium e os buzios
  845. Oração de Amarração
  846. orixá oxum
  847. orisá oxum
  848. oferendas a oxaguian
  849. carasteristicas de oxaguian
  850. entidade oxaguian
  851. oxaguian na umbanda
  852. Orixá Oxaguian
  853. ossum
  854. velas e suas formas
  855. tipos de velas
  856. velas e orixás da umbanda
  857. as cores das velas
  858. oração para o amor
  859. oração para trazer de volta
  860. oração para amansar
  861. consulente e os buzios
  862. jogo de buzios
  863. buzios e a mediunidade
  864. Búzios: Especificações para o se jogar
  865. videncia nos buzios
  866. buzios e a umbanda
  867. buzios fechados
  868. buzios abertos
  869. conchas de búzios
  870. jogar búzios
  871. Jogo de Búzios Metodo de tiragem
  872. oração para harmonizar
  873. oração para adoçar
  874. as velas e os chackas
  875. cruzar linhas
  876. Velas dos Deuses
  877. Tarot
  878. AMULETO DO AMOR
  879. Simpatia PARA ACERTAR NA LOTERIA
  880. baralho cigano carta O trevo
  881. baralho cigano carta o navio
  882. SIMPATIA DA MAÇÃ
  883. SIMPATIA DA FOTOGRAFIA
  884. CONQUISTAR NAMORADO (A)
  885. RITUAL DA FORTUNA
  886. Simpatia Para Conseguir um Emprego
  887. ler tarot gratis
  888. leitura de tarot online
  889. tarot gitano gratis
  890. Tarot de marselha e o amor
  891. Arcano Temperança
  892. Arcano Mago
  893. Oração de São Cipriano das horas abertas
  894. horoscopo de exu
  895. horoscopo de oxum
  896. horoscopo dos orixás
  897. SIMPATIA A OXUM PARA ATRAIR OU MANTER UM GRANDE AMOR
  898. SIMPATIA PARA UNIR UM CASAL
  899. simpatia cigana para ex voltar
  900. simpatias ciganas
  901. magias ciganas
  902. magia cigana
  903. simpatia cigana para amor
  904. simpatia cigana
  905. Tarot- Tarot de marselha e o amor- Arcano Estrela
  906. tarot por telefone
  907. tarot da vida
  908. cabocla jurema
  909. caboclo 7 flexas
  910. o que é a linha dos caboclos
  911. caboclos de quimbanda
  912. caboclos de umbanda
  913. os caboclos
  914. cigano amuletos
  915. simbolos ciganos
  916. talismas ciganos
  917. amuletos ciganos
  918. amuletos e talismas ciganos
  919. barallho cigano os tropeços
  920. Carta Obstáculos 02. Carta Obstáculos 02- 6 de ouros
  921. cabocla jandira
  922. pai seta branca
  923. magias e simpatias
  924. amarração amorosa de 7 anos
  925. jogar gratis
  926. cartas de tarot
  927. baralho cigano gratis
  928. simpatias de separação
  929. simpatia para afastar rival
  930. simpatia de união
  931. magia de união
  932. amor de volta
  933. magia para ex voltar
  934. simpatia para ex voltar
  935. magia amorosa
  936. magias para o amor
  937. Baralho Cigano: Carta Obstáculos
  938. cigano umbanda
  939. iansã oyá
  940. trevo
  941. moeda
  942. taça
  943. roda
  944. estrela
  945. lua
  946. ferradura
  947. estrela de 6 pontas
  948. estrela de 5 pontas
  949. chave
  950. ancora
  951. cartomancia naipe de espadas
  952. orixá iansã
  953. umbanda iansã
  954. entidade iansã
  955. entidades ciganas na umbanda
  956. ciganos na umbanda
  957. cartomancia e as rainhas
  958. rainha cartomancia
  959. baralho cigano a cobra
  960. baralho cigano cegonha
  961. baralho cigano o caminho
  962. baralho cigano buque
  963. rainha de copas
  964. rainha de ouros
  965. rainha de paus
  966. rainha de espada
  967. cartomancia rainhas
  968. videncia nas cartas
  969. baralho
  970. Banho de Atração
  971. cigana esmeralda
  972. Cigana Esmeralda um Pouco sobre esta linda Cigana
  973. Simpatia para abrir os caminhos
  974. Zé Pelintra - Cidade das Torrinhas
  975. Magia com Velas no Vodu
  976. Velas no vodu
  977. Velas e suas formas
  978. magia com velas
  979. Magia das velas
  980. velas nos rituais
  981. vela no ritual
  982. significado das velas
  983. banho Para atrair o seu amor
  984. Drink Cigano
  985. bebida cigana do amor
  986. cigano cartas
  987. carta do baralho
  988. dama de espadas
  989. espadas
  990. amuletos e tarot
  991. taro e amuletos
  992. tarô
  993. santa sara padroeira dos ciganos
  994. gifs de santa sara
  995. Culinária Cigana bolo de especiarias
  996. batatas da felicidade
  997. culinária cigana batatas da felicidade
  998. drink cigano do amor
  999. velas e magias